As manifestações de caminhoneiros já dura três dias e começa causar efeito em todo Brasil. Em nossa região, postos em Juiz de Fora, Bicas, São João Nepomuceno e Ubá já estão sem combustíveis. A greve que começou terça-feira (01 de agosto) entra em seu terceiro dia e está bloqueando as principais rodovias em de nosso estado (BR-040, BR-101, BR-050 e BR-381 estão interditadas).

Segundo informações, a cidade de Juiz de Fora já registra 12 postos sem combustíveis algum e outros 10 com a capacidade menor que 50%. Uma das cidades mais prejudicadas é Bicas que praticamente todos os postos da cidade estão sem combustíveis – os poucos que tem é apenas Etanol e Diesel.

Aqui em Astolfo Dutra ainda não tivemos informações sobre possível falta, mas fica o alerta, pois não se sabe até quando vai essas manifestações.

Entenda o porque da greve

O movimento está sendo organizado nas redes sociais e em grupos de WhatsApp e o propósito é protestar contra o aumentos dos imposto sobre os combustíveis, ocorrido há duas semanas. Além do aumento dos impostos sobre os combustíveis, os motoristas também reclamam da redução dos investimentos na melhoria das estradas.

Comenta-se em alguns grupos que além do aumento dos impostos, a categoria agora protesta contra o presidente Michel Temer e a derrubada da investigação – proposta pela Procuradoria Geral da União e rejeitada ontem pelo congresso nacional.

Fonte: PRF, grupo de notícias e moradores.

Deixe seu comentário